Twitch: A vitrine dos bastidores da música

O mercado da música vem se reinventado com ajuda de muitas plataformas, e uma delas é a Twitch, serviço de Streaming da Amazon voltado para a transmissão ao vivo. Inicialmente a plataforma teve seu espaço dominado pelo mercado de games, com lives voltadas para a apresentação de jogos e as experiências dos jogadores, mas a plataforma vem mudando e abrindo espaço para novos mercados, como o da música.

Com o crescimento da produção e do consumo de lives durante a quarentena, os olhos do público estiveram voltados para o mercado da música através dos shows por streaming. A partir da observação dessa crescente, a Twitch enxergou a oportunidade de conectar artistas às suas comunidades e desenvolveu uma aba musical na plataforma, investindo em 11 artistas com o objetivo desse conteúdo ser disseminado no Brasil.

A chegada dessa nova vertente a plataforma, trouxe conteúdos diferentes sobre os artistas, abrindo para o público os bastidores sobre o processo criativo de álbuns, colaborações, músicas, hobbies e entre outros assuntos que estão sendo dispostos para envolver artistas e suas comunidades, promovendo uma conexão íntima e colaborativa.

Esse formato que está sendo apresentado para o público também abre uma nova perspectiva para o mercado da música, pois além de disponibilizar um espaço para exibição desses bastidores em tempo real, a plataforma esbanja diferentes formas de monetização, seja através de precificação para inscrição no canal ou até mesmo por doações pelo chat.

Tudo isso com uma proposta de aproximação e inovação em um período que as pessoas tiveram que encontrar novas formas de se relacionar com a música, porque além de apertar o play em uma plataforma de streaming, a música é fonte de experiência, seja ela através de clipes, shows, lives, entre outros formatos. São mudanças como essas que expandem o mercado da música e do entretenimento, para que em momentos de fragilidade consigam surpreender o público e manter a receita ativa mesmo durante a crise. A música não pode parar!

Sign in to post your comment or sign-up if you don't have any account.

Leave a Comment