Entenda o que está acontecendo com os gêneros e subgêneros

Se você acompanhou a retrospectiva 2020 do Spotify, você deve ter percebido diversas experimentações de gêneros musicais ao longo do ano. O que nos faz pensar: será que isso vai de encontro com o fato de artistas como Justin Bieber e The Weeknd se posicionarem em novas categorias? Continue lendo para descobrir!

Nos últimos anos, os gêneros musicais vem passando por uma reinvenção e atualização de forma muito rápida, trazendo à tona novas experimentações para os mais variados cenários da música. Com isso, percebe-se que muitos artistas estão migrando de uma categoria para outra, para expandir suas fronteiras e alcançar novos públicos. É através dessa fusão e migração de um gênero para outro que acabam surgindo os subgêneros no mercado, como Trap e o Brega Funk, por exemplo.

Períodos como o ano de 2020, que nos trouxe a necessidade de se reinventar criativamente, em razão da pandemia e do isolamento social, artistas e bandas apresentaram em suas fichas nas plataformas de streamings, novos estilos músicas e subgênero. A partir daí vem o questionamento, será que os artistas estão receosos pela eventualidade de limitar o seu alcance ao se encaixarem em apenas um determinado gênero ou as classificações não têm mais tanta importância?

Pode ser um pouco dos dois. Afinal, muitos artistas não querem classificar os seus trabalhos em apenas uma categoria, ainda mais em um mundo tão diverso e heterogênio. Assim como fica mais difícil classificar um trabalho por conta da quantidade de influências, gêneros e subgêneros que surgem o tempo todo, além da capacidade de descoberta que a internet proporciona.

São essas mudanças e indefinições que mostram como o mercado carece de novas formas de classificação, para que a identificação seja mais assertiva e menos confusa. Afinal, você consegue identificar o gênero dos artistas e bandas que estão nas suas playlists? Os nichos e as classificações são realmente necessárias na música do Século XXI? Fica o questionamento!

Sign in to post your comment or sign-up if you don't have any account.

Leave a Comment